Guitarras - Parte 1\2
publicado por Pdavis
E cá estamos, no inicio de um novo ciclo. Esperando que tenha mais sucesso que o estimado Galáxia Música, transcrevo para o Artes o meu último texto, aproveitando ainda para lhe introduzir alguns pequenos dados e correcções.
Passando à crónica:

Hoje, como guitarrista que sou, decidi vir falar do meu instrumento predilecto. Pois é, hoje vamos ter uma crónica inteiramente debruçada sobre aquelas maravilhas de seis (e ocasionalmente sete, e mesmo uma nova Ibanez de oito(!)) cordas, sem as quais dificilmente se faria a música moderna. Vou abordar, maioritariamente, os cinco maiores criadores e fabricantes de guitarras eléctricas, bem como os seus principais e mais carismáticos modelos. A título de curiosidade irei ainda falar de uns quantos músicos que mandaram (porque podem, diga-se de passagem) criar instrumentos personalizados, a seu gosto. Por ser um assunto bastante extenso, optei por dividir o assunto em duas crónicas, mesmo para não correr o risco de me tornar maçador.

Em primeiro lugar importa fazer uma distinção entre os dois tipos de guitarra eléctrica. Existem as maciças, que não possuem qualquer caixa de som e dificilmente se retirará delas um som muito intenso sem amplificação. Em contrapartida, possibilitam uma muito maior duração e sustentabilidade nas notas. Já as semi-acústicas, também conhecidas como electro-.acústicas, são maiores do que as eléctricas maciças, muito devido ao facto de possuirem uma caixa de propagação de som. Este tipo de guitarras é, ao contrário das maciças, indicado para uso sem qualquer tipo de efeitos, sendo que as primeiras são as preferidas para o uso de distorções, por exemplo.

Passo agora aos cinco (originalmente eram quatro, mas devido a um conselho no Música, optei por incluir um quinto elemento) maiores fabricantes de guitarras. Temos Jackson(muito embora esta já tenha perdido o seu apogeu), Gibson, Ibanez, ESP e a mítica Fender. Todas elas têm os seus modelos clássicos, e aqueles mais extravagantes. Vou abordar os dois tipos, bem como aquelas que foram feitas exclusivamente para alguns músicos, a título de mera curiosidade.

Começando pela Fender, foi fundada em 1940 por Leo Fender. Este nome é geralmente associado à excelência, e é praticamente unânime que as fender são das melhores guitarras do mundo. As clássicas Telecaster e Stratocaster são das mais conhecidas, sendo usadas por personalidades como os Beatles, The Who, Jimi Hendrix ou Mark Knopfler. Alguns outros modelos da Fender são a Jaguar e a Mustang.
As curiosidades desta marca prendem-se com o facto de Mark Knopfler afirmar ter composto “Sultans of Swing” para a Stratocaster, e de Eric Clapton se revelar fiel a ela, declarando mesmo: “Experimentei quase todas as guitarras que foram feitas e sempre voltei para a Stratocaster. Ela é furiosa e, ainda assim, agradável. Crua e ao mesmo tempo pura". Devo ainda salientar que a guitarra usada por John Frusciante no videoclip de “Snow Hey Oh” é uma Strat.

De seguida passo para a Jackson, minha preferida pessoal. E tudo porque é especializada na construção de instrumentos próprios para o heavy Metal. Na realidade, esta marca surgiu quando o lendário Randy Rhoads se diridiu a um conceituado fabricante de guitarras, pedindo-lhe que criasse uma nova, inspirada na Gibson Flying V, mas com um visual que se pretendia mais agressivo. Temendo que essa agressividade danificasse o nome da sua própria marca, o renomado fabricante decidiu apelidá-la de Jackson, criando assim um verdadeiro Império. Recentemente, a Fender adquiriu a Jackson, numa operação inesperada e sem precedentes. Esta marca especializou-se também em construções encomendadas, tendo desenvolvido modelos personalizados para varios músicos. A Jackson Kelly foi criada para o guitarrista lead dos Heaven, Brad Kelly, sendo posteriormente usada também por Marty Friedman, dos Megadeth. A jackson King V foi fabricada originalmente para Robbin Crosby, dos Ratt, sendo porém popularizada por Dave Mustaine, líder dos Megadeth. Temos ainda a Jackson Phil Demmel Demmelition V, que, como o próprio nome indica, foi feita especialmente para Phil Demmel, guitarrista dos Machine Head. Para finalizar a parte Jackson, acresce-se que perdeu muitos dos seus principais representantes, como Dave Mustaine, ou Alexis Laiho, dos Megadeth e Children of Bodom, respectivamente.

E despeço-me com dois vídeos, cada um tocado com guitarras de uma das marcas, de modo a serem bem visiveis as diferenças ;)


A Stratocaster de John Frusciante...


...e a king V de Mustaine.

Dave \m/

Marcadores: , , , , , , , ,

Deixa-nos a tua opinião sobre este post:

Postar um comentário

09/01/2009 21:42 |Blogger Thaurer  
falta aí a Dean pá.

as guitarras dessa marca são bem fixes.

sendo a mais fixe claro, a modelo do dimebag.

eu por acaso sou fã das guitarras da Ibanez, sendo que é uma Ibanez que eu possuo e gosto de tocar.

a rickenbacker é uma guitarra electrica com 12 cordas, sendo que nao é a unica, e a guitarra feita por encomenda para o...agora nao me lembro do nome, o guitarrista dos sonic youth, deve ter mais cordas ainda.


mas pronto. boa iniciativa.

guitarras tem muito paninho pa mangas.

ps: Bass rules more!
xD
12/01/2009 00:07 |Anonymous Anônimo  
bem, cá fica o comentário que deixei na anterior publicação desta crónica ;)

o melhor ainda está para vir, com a ibanez :D

e meu caro, os tempos áureos da jackson já lá vão há muito tempo... tanto que perderam todos os endorsements dignos de registo, até bodom e megadeth, que eram os mais vistosos.

o que era a jackson no passado é hoje a ESP, verdadeiramente potente e qualidade suprema, e acho que essa sim, devia estar presente nesta selecção de 4 nomes ;)

mas ainda assim, a minha personal favorite é sem dúvida a ibanez...

e já agora, a propósito dessa do "ocasionalmente 7 cordas"... já ouviste falar da nova ibanez de 8 cordas, feita para o cazares dos DH :D
16/01/2009 22:40 |Anonymous P´davis  
gostei muito da crónica like always !
parabens dave!
;)
23/01/2009 18:21 |Anonymous Anônimo  
hey meu, eu nao costumo visitar este blog, mas recentemente adquiri 1 guitarra electrica, e ainda não sei tocar, mas quero aprender sem gastar dinheiro, visto que isto é blog de artes, e como este post está na secção da música, queria pedir a algum membro que fornecesse aulas através de posts, pois, a meu ver, seria uma ideia de lançar este blog mais além! obrigado! =)
(c)2009 A Outra Galáxia | aoutragalaxia@gmail.com
Optimizado para Firefox 3+ e Internet Explorer 7+ a 1280*1024