Ócio Crónico: Um dos melhores filmes de sempre!
publicado por Dr. Darkim



Passado uma semana, marcada pela morte da imagem do meu telemóvel (não consigo ver nada, diabo.... Nokia N95, quem tiver o mesmo problema dê-me um toque, que choraremos juntos), vai para o ar mais um "Ócio Crónico", novamente ligado ao cinema.





No ultimo post, falei sobre a gala dos piores filmes de 2008. Neste, quero dar um grande salto (algo que na realidade é-me impossivel devido a minha barriga com proporções um bocado maiores do que as normais) e falar sobre um dos melhores filmes de sempre quer em cinema geral, quer da minha escolha pessoal (e atenção que faço 22 anos para o mês que vem).






"Blade Runner - Perigo Iminente", realizado por Ridley Scoot, interpretado pelo "indiana jones" Harrison Ford, baseado no livro de Phillip K. Dick "Do androids dream of electric sheep" (na minha última viagem a Lisboa, vi o livro à venda na Fnac do Colombo, mas sobre o nome do filme e com a capa do mesmo), foi considerado por um X número de cientistas (peço perdão, mas não me lembro do número exacto) como o melhor filme de ficção científica de todos os tempos, ultrapassando nomes como "2001 - Odisseia no Espaço".


E qual será a minhao opinião, perguntam vós?


Exactamente a mesma, talvez porque a minha memória falha mais vezes do que deveria, mas não me lembro de mais nenhum filme de ficção científica, que me tenha dado tanto prazer a ver (e que, sinceramente, continua) como o "Blade Runner".


A realização, a imagem do futuro obscuro, a caracterização, os diálogos culminando com o discurso de Rutger Hauer antes da sua morte (como quem diz, o argumento), os desconfianços que o filme pode trazer, a arquitectura da Los Angeles de 2019, bem como as interpretações, está tudo perfeito, pelo menos para mim, neste filme datado de 1982.


Apesar do descrito acima, "Blade Runner" foi considerado um flop, na sua estreia original. Em 1992 (se não me engano), o senhor Ridley Scott decidiu modificar o filme (cortando algumas cenas e deixando de fora a narração da versão original por parte de Harrison Ford), e apresentar uma versão integral sua, elevando o estatuto do filme e mudando a opinião daqueles que falaram mal dele na primeira vez, tornando a película num dos melhores filmes de todos os tempos. Em 2007, é apresentado uma final cut, remasterizando o filme e adicionando novas e extendidas cenas, novas falas e novos efeitos especiais (ainda não o vi por isso não posso formalizar uma opinião).


Mas qual é a história?


Em Los Angeles, no ano 2019, o homem consegue criar os "Replicants" (clones humanos, basicamente) que servem nas colónias fora do planeta Terra. 6 desses replicants, conseguem escapar, furtando uma nave, com o objectivo de chegar à Terra. Cabe a Rick Deckard (Harrison Ford), Blade Runner (uma força policial especializada em terminar os replicants) capturar os fugitivos.



Na imagem, que vos apresento à esquerda (sim aquilo sou eu), podem ver que a edição especial, (penso que ainda se encontra a vendo na fnac online), traz as várias versões que o filme possui: "final cut", "versão original", "versão director's cut", bem como um DVD com vários extras e os habituais livrinhos e uma carta do realizador.



Este pack também traz um pequeno holograma.


E cá está, um dos melhores filmes de sempre e um dos que me orgulho de ter na minha posse!

Alguem que partilhe da minha opinião, ou que queira mostrar algum erro meu, por favor eu insisto que comentam, hehe!

Sim a pessoa nas fotos sou eu!!



Trailer da "final cut"


Uma das melhores cenas do filme:


Como lágrimas em chuva,
DARKfm
Deixa-nos a tua opinião sobre este post:

Postar um comentário

30/01/2009 21:55 |Blogger Thaurer  
por acaso tive com essa caixa (ker dizer, uma igual) mas logo depois perdime de amores pelo coffee and cigarretes que tava á venda mesmo ao lado por apenas 4.99 aéreos.
eheh


kuanto ao filme.. gosto.

e eu sou obrigado a dizer k de sci-fi... o 5º elemento esta mais acima na minha lista de gostos.
but hey.. sao gostos.

mas seria incapaz de ter dinheiro comigo e nao trazer essa bela caixinha.

viva ás ediçoes especiais!
02/02/2009 09:20 |Blogger Lex  
Este comentário foi removido pelo autor.
02/02/2009 09:23 |Blogger Lex  
Filme histórico, sem dúvida.

Sempre quero ver como vamos estar em 2019. :-D
Mas antes disso hei-de fazer um ponto da situação em 2015 e mandar uma cartinha a reclamar ao George Lucas por não se comercializarem ainda carros voadores. :-D
(c)2009 A Outra Galáxia | aoutragalaxia@gmail.com
Optimizado para Firefox 3+ e Internet Explorer 7+ a 1280*1024