Viágem á Lua
publicado por Thaurer
Estamos em 1902 e o cinema nao é muito mais do que pequenos filmes sobre comboios a chegar á estaçao, mas algures na mente do Ilusionista Georges Jean Mélies algo mais ganhava forma.

Ao contrario dos Irmão Lumiére, o cinema era para Mèlies uma oportunidade para fazer mais do que apenas gravar acontecimentos quotidianos, coisas simples e com pouca imaginação. E após algum tempo a filmar-se a si próprio a fazer truques de magia e a filmar pequenas peças de teatro, descobriu acidentalmente que usando a técnica de stop-motion, podia fazer objectos e pessoas desaparecer e reaparecer na imagem.


Passou então a utilizar novas tecnicas, inovadoras na altura, filmando vários shots e colando-os uns aos outros por orden cronológica, fazendo experiencia atrás de experiência, que culmina depois na sua obra mais conhecida, "Viágem á Lua" ("Voyage dans la lune".
Este filme marca o nascimento da ficçao cientifica e animação no cinema e torna-se no primeiro filme de grande sucesso á escala global.

A história do filme é muito simples. Baseado na "Viagen á Lua" de Julio Verne e no "First man on the moon" de H.G. Welles, Méliès conta-nos a história de um grupo de cientisticas que resolvem explorar a lua. Sobem então a bordo de uma capsula parecida com uma bala e são disparados por um canhão que os faz aterrar na superficie lunar (mesmo em cheio no oho da lua xD).

George Melies Pictures, Images and Photos

Depois de observarem aquele mundo estranho, onde existem cogumelos gigantes e de onde se vêm os planetas a conviver entre eles, os cientistas sao capturados pelos Selenitas (os habitantes da lua) durante um a batalha, mas num golpe de sorte conseguem escapar e regressar são e salvos á Terra, onde aterram no meio do mar.

Viagem a Lua2 Pictures, Images and Photos


A imagem da nave a acertar em cheio no olho la Lua ainda hoje é uma imagem bastante conhecida, e o filme em si inspirou pessoas como D.W. Griffith e Charles Chaplin.
Contudo, apesar do enorme sucesso e do reconhecimento por parte dos seus colegas de trabalho, o filme nao rendeu muito dinheiro a Méliès, que não soube proteger o filme com direitos de autor, e foi vitima daquilo a que se pode chamar as primeiras cópias piratas no mundo cinematografico, sendo um dos principais usurpadores do filme o Thomas Edison, que fez uma digressão pelos Estados Unidos a mostrar o filme pelas salas de cinema.

E por hoje fico por aqui. Quis apenas mencionar uma pequena "reliquia" de 14 minutos com mais de 100 anos de existência e que me influência bastante nas minhas estórias.


Le Voyage Dans La Lune from Ars Nova on Vimeo.

Marcadores: ,

Deixa-nos a tua opinião sobre este post:

Postar um comentário

13/01/2009 22:48 |Blogger Lex  
Aposto que muita gente da nossa geração apenas travou conhecimento com este filme através do vídeo dos Smshing Pumpkins, "Tonight, Tonight". Já é alguma coisa. :-)

Vénia ao Monsieur Meliés, génio sem o qual hoje não teríamos obras-primas como o "Nightmare Before Christmas" ou a série "Wallace & Gromit". Hoje o processo de filmagem em stop-motion parece-nos básico (trabalhoso como o diabo, mas fácil de compreender como funciona), mas nem imagino o avanço que foi naquela época.

Bom post. ;-)
(c)2009 A Outra Galáxia | aoutragalaxia@gmail.com
Optimizado para Firefox 3+ e Internet Explorer 7+ a 1280*1024