De Onde Vem a tua Inspiração?
publicado por Thaurer
nada melhor para anular o efeito melado do dia mais peganhento do ano do que a bela obra do senhor Chuck Palahnniuk.

sendo eu um fã do trabalho do homem praticamente desde que vi pela priemira vez o fight club e achei que aquele tipo de história era definitivamente feita á minha medida, acho que devo esplahar aqui um pouco da sua palavra.
A palavra de Chuch.
A palavra ácida do escritor que ganhou o culto de toda uma geração.
O original e verdadeiro Tyler Durden!


A escrita dele é crua e as suas analogias nao sao a coisa mais lírica que se pode encontrar nos livros, contudo, tudo bate perfeitamente certo. uma palavra a seguir á outra. Uma página. Depois outra. E outra...
toda uma visão, nem de perto polida, que entra sem espinhas na nossa massa cinzenta e nos faz pensar: "se calhar este gajo tem razão"

com uma escrita um tanto minimalista, que por vezes á medida que se vai lendo, quase que se imagina os prodigy ou os NIN como musica de fundo (que por acaso sao bandas com som que o influenciam bastante). Ele adora também o uso de pequenas frases que repete até se perder a conta (chego a encontrar a mesma frase umas 5\6 vezes na mesma página) uma espécie de tagline pessoal do narrador.
Palahniuk escreve quase sempre sobre personagens que de uma forma ou de outra não são bem vistos pela sociedade, e que enveredam por um caminho de comportamentos estranhos, compulsivos e autodestrutivos. um misto de horror e comédia, com muito sarcasmo e algum romance, ainda que uma forma um tanto bizarra.
e se voces já leram o "survivor" de certeza que ja notaram que ele gosta de ensinar algumas coisnhas uteis de vez em quando!


Lullaby Pictures, Images and Photos

"O masoquista força o sádico a agir. A pessoa mais pacifica é na verdade um agressor.todos os dias, só o facto de viveres significa sofrimento e morte para plantas e animais - e até para certas pessoas! - matadouros, aviários, exploração de trabalhadores - diz ela - gostes ou não gostes, é isso que o teu dinehiro compra.
...
A solução está em matar pessoas deliberadamente. Matas estranhos deliberadamente para nao teres que matar por acidente pessoas que amas. Destruição construtiva"




Neste momento estou a ler o "Diário".
O livro é sobre uma ex aluna de uma escola de arte, aspirante a pintora e que cresceu num bairro de caravanas, que casou com um jovem artista herdeiro de uma família de grande riqueza, que acaba por perder tudo o que tinha. O seu marido, dono de um pensamento livre e bizarro, começa a vingar-se dos turistas que pouco a pouco ocupam as casas das outrora famílias ricas, escrevendo-lhes mensagens de ódio nas paredes, e que numa tentativa falhada de se suicidar, acaba por ficar em coma, deixando agora a sua mulher com uma filha de 12 anos e uma sogra pobre, que nao o sabe ser, para cuidar. Misty (a personagem principal) é então obrigada a desistir do seu sonho, mesmo contra a vontade da sua família e conhecidos, e começa a trabalhar num hotel como empregada, resignando-se a todo o tipo de trabalhos que ninguém quer fazer.


Portanto, se nucna leram Palahniuk, está na hora de o fazerem.
recomendo que comecem pelo Clube de Combate, ou pelo Lullabie ou o Asfixia, porque axo que são aqueles que nos agarram mais facilmente quando ainda nao sabemos o que é que o autor nos poderá trazer nas paginas seguintes. e só depois é que se devem entregar ao Diario, Survivor

ps:
Para além de continuar a escrever e de dar worshops de escrita ao mesmo tempo que faz tour por vários pontos dos estados unidos e Europa, o homem está a planear um musical, juntamente com o Trent Reznor. haverá coisa melhor por que esperar?
eheh
Deixa-nos a tua opinião sobre este post:

Postar um comentário

(c)2009 A Outra Galáxia | aoutragalaxia@gmail.com
Optimizado para Firefox 3+ e Internet Explorer 7+ a 1280*1024