História Metálica
publicado por Pdavis
Hoje vou iniciar uma nova fase de “contador de histórias”. Depois de, no inicio da minha “carreira”, pelo saudoso BGM, ter contado a história do Thrash Metal, decidi que deveria agora falar de uma das (senão mesmo a) minha banda predilecta.

Começo hoje, pois, a falar sobre os MetallicA, num período que não podia ser mais apropriado, confirmado que está o regresso dos norte-americanos a Portugal, no Oeiras Alive! . Tal como aquando da história do Thrash Metal, vou dividir a crónica em várias partes, a ser publicadas semanalmente. Como convém a qualquer história, começarei esta pelo principio, e hoje abordarei os primórdios da carreira destas lendas da música pesada.

A história da banda começa numa proposta que um certo jovem dinamarquês, que tinha ido para a América com o sonho de se tornar jogador profissional de ténis, decide que afinal o que quer para a sua vida é formar uma banda com altas influências de NWOBHM. Após fazer amizade com um certo Brian Slagel, dono da editora em ascensão Metal Blade, Lars garante a uma hipotética banda sua um lugar na colêctanea "Metal Massacre", a ser editado pela mesma. É assim que o jovem baterista alicia James Hetfield a formar um colectivo, fazendo ainda no decorrer desse ano de 1981 a sua primeira gravação, com Hetfield na guitarra, baixo e vocalização, e Ulrich na bateria. Mais tarde, James consegue facilmente convencer Ron McGovney, seu companheiro de quarto, para o baixo, ao passo que Dave Mustaine entra para assumir a segunda guitarra e as vocalizações.

Rapidamente se percebeu que a banda necessitava de um nome, e Lars acaba por "roubar" a designação Metallica a um amigo seu que tinha uma lista de possíveis nomes para um fanzine de metal que pretendia criar. Os Metallica gravaram então a sua primeira demo, intitulada de "No Life Till Leather", que rapidamente se torna num elemento de culto entre a comunidade underground, especialmente em Nova Iorque e São Francisco. Enquanto a banda entra facilmente na rota dos concertos de Los Angeles, a popularidade espalha-se e são convidados a tocar em dois espectáculos em São Francisco, após os quais decidem que Cliff Burton, baixista de uma das bandas que actuou nesses dias, era o homem certo para ocupar o cargo que Ron Mcgovney viria a deixar livre. Por exigência do próprio Cliff, que se recusou a mudar para Los Angeles, os Metallica mudam-se para São Francisco.

À medida que a reputação continuava a aumentar, uma cópia da demo chega até às mãos do dono de uma famosa loja de discos nova-iorquina, que rapidamente os convida a dirigirem-se à Big Apple, para tocarem em alguns shows e gravarem um álbum. No entanto, Dave Mustaine revelava-se cada vez mais problemático, com as questões de álcool, droga e violência. Face à degredação crescente do relacionamento entre Mustaine e os restantes membros do grupo, o guitarrista é despedido e contratado Kirk Hammett, guitarrista dos Exodus.
É assim que nasce "Kill ‘Em All”, o disco de estreia dos Metallica, ao qual se segue uma intensa digressão pelos EUA, durante a qual a popularidade sobe em flecha.

Apenas um ano volvido, em 1984, a banda fecha-se durante vários meses num estúdio na cidade natal de Lars ULrich, Copenhaga, com Flemming Rasmussen, gravando o sucessor da apoteótica estreia. "Ride The Lightning" foi o que se seguiu, e veio confirmar que os Metallica não eram uma banda de um disco só, era notória a maturidade crescente da banda, e o incremento de qualidade.

Como prémio merecido por essa evolução, surgiram na mesa de trabalho do colectivo duas propostas de valor elevado. Uma de management, da QPRIME, e outra a nível discográfico, pela ELEKTRA.

E por hoje acaba aqui o texto. Na próxima semana vou falar da fase que é para mim a mais dourada dos Metallica, entre 1986 e 1990, período no qual gravaram os míticos "Master of Puppets" e "...And Justice For All".

Até para a semana,

Dave \m/

Marcadores: , , , , , ,

Deixa-nos a tua opinião sobre este post:

Postar um comentário

(c)2009 A Outra Galáxia | aoutragalaxia@gmail.com
Optimizado para Firefox 3+ e Internet Explorer 7+ a 1280*1024